NO MOMENTO

Audi RS6 Avant 4.0 V8 Biturbo FSI 2014, um carro ou um avião?

O segmento de peruas já viveu dias bem melhores. Isso no Brasil, porque na Europa as stations wagons continuam bem vistas nas ruas. E a Audi RS6 Avant, perua mais rápida do mundo, é uma prova de que esta configuração vai muito além do perfil “família”. CARPLACE degustou rapidamente da novidade que chega agora ao mercado nacional e adianta: de “mamãe”, essa perua não tem nada!


O que é?
Versão mais esportiva da gama, a RS6 Avant chega à linha 2014 com novidades visuais e também debaixo do capô. O grande destaque fica por conta do motor 4.0 TFSI V8 biturbo, que entrega potência de 560 cv entre 5.700 e 6.700 rpm, enquanto o torque máximo de 71,38 kgfm está disponível entre 1.750 e 5.500 rpm. Essa verdadeira usina trabalha em conjunto com a transmissão Tiptronic de 8 velocidades, com marchas encurtadas, e a tração integral Quattro.

Sabe o que isso quer dizer? Que você é catapultado de 0 a 100 km/h em impressionantes 3,9 segundos e chega a uma velocidade máxima de 305 km/h! Estes números são obtidos também graças a um recheio tecnológico generoso, que inclui a suspensão esportiva com o sistema Dynamic Ride Control (DRC) e o diferencial traseiro esportivo.

Mesmo com toda essa violência, a Audi informa que a perua tem consumo contido, com média de 9,3 km/litro. Segundo a marca, isso é resultado do sistema de cilindro sob demanda (COD), que em velocidades intermediárias desliga as válvulas de admissão e escape de metade dos cilindros, transformando o V8 num V4 até que o motorista acelere forte novamente.

Como anda?

Ao encarar a RS6 Avant, um sorriso já começa a se desenhar no rosto. Grandes aberturas de ar no para-choque dianteiro, grade dianteira preta brilhante e para-lamas traseiros alargados já antecipam o tempero. Entre os raios das rodas de 21 polegadas (com pintura preta) é possível ver as pinças de freios com a inscrição RS. Na traseira, o difusor de ar abriga nas extremidades duas enormes saídas de escape com formato oval.


Por dentro, o volante tem a base achatada e os bancos, obviamente, são daqueles de encaixar o corpo. O preto predomina no ambiente interno, inclusive no teto, salvo alguns pontos com detalhes em fibra de carbono no painel, portas e console central. Após ajustar eletricamente os bancos, retrovisores e volante, chega o momento mais esperado. Pressiono o botão no console central, curiosamente posicionado ao lado direito da alavanca do câmbio (próximo ao passageiro) e o motor V8 já desperta com uma acelerada forte e um rugido bravo, mesmo sem eu pisar no acelerador. Parece algo proposital feito pela Audi para instigar ainda mais o instinto pela velocidade.


Hora de acelerar. Vale destacar que a Audi criou um ambiente fechado e totalmente controlado para que o teste pudesse ocorrer sem transgredir a lei. Ainda bem, pois foi bem difícil segurar o ímpeto da RS6. Logo na primeira reta, afundo o pé no acelerador, sou jogado contra o banco e o carro simplesmente vai engolindo marcha atrás de marcha. Em poucos segundos, vejo o velocímetro atingir os três dígitos e não parar de subir.

Na primeira tangência, aquelas belas pinças de freios mostram que estão atentas e grudam com gosto no disco. Alguns trechos em curvas me passam a sensação de que há trilhos, dada a imensa estabilidade oferecida – trabalho perfeito da tração “Quattro” no asfalto “tapete” da pista, que não permitiu avaliar como a perua se sairia em buracos. Na reta principal do circuito, o ponteiro passa ligeiramente dos 220 km/h, mas não há mais pista para continuar. A máxima chega a 305 km/h, porém, somente num belo autódromo ou nas autobahns alemãs.

Quanto custa?

Apesar da apresentação, a Audi ainda está fechando o preço final do modelo no Brasil. Por enquanto, divulga que venderá a RS6 por cerca de R$ 550 mil. A lista de itens de série inclui faróis de LEDs, controle da pressão dos pneus, sistema de informações ao motorista personalizado, bancos esportivos de couro e Alcantara, ar-condicionado automático de três zonas, sistema de navegação MMI Plus com MMI Touch e 10 alto-falantes no sistema de som.

Por Fábio Trindade, de São Carlos (SP)
Viagem a convite da Audi

Ficha Técnica – Audi RS6 Avant 4.0 V8 Biturbo FSI 2014

Motor: dianteiro, transversal, oito cilindros em V, 3.993 cm3, biturbo, gasolina; Potência: 560 cv de 5.700 a 6.600 rpm; Torque: 71,38 kgfm de 1.750 rpm a 5.500 rpm; Transmissão:automática Tiptronic de oito marchas, tração integral permanente “Quattro” com diferencial traseiro esportivo; Suspensão: Independente nos dois eixos com molas adaptativas a ar;Freios: discos ventilados na dianteira e traseira com ABS; Rodas: alumínio aro 21 com pneus 285/30 R21; Peso: 2.010 kg; Capacidades porta-malas 565 litros, tanque 75 litros;Dimensões: comprimento 4.979 mm, largura 1.936 mm, altura 1.461 mm, entreeixos 2.915 mm
 
Copyright © 2014 FuxicoNews